ATENÇÃO!!!!!

isto é um site para esclarecimento de dúvidas, meu trabalho é somente para consultas, duvidas tirarem comigo, eu não vou fazer trabalho de ninguém, pois esta não é minha função.

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Sokaret - esposa de Seker

Sokaret é esposa de do deus Seker, seu nome seria uma variação de Sokar (um dos nomes de Seker), não se sabe muito sobre essa deusa, pois assim como Ret foi criada pelos sacerdotes para ser o par perfeito de Seker.
Sokaret é protetora dos artesões como seu marido, na verdade ela é Seker só que numa forma feminina, não estou escrevendo muito sobre essa deusa por que não há muito o que falar dela somente que era o duplo feminino de Seker.

Dagr - deus do dia

Dagr é o deus do dia, filho da deusa Nott com o deus Delling.
Dagr é conhecido como o brilhante, ele ascende as luzes do céu e da terra com seu cavalo branco chamado Skinfaxi, seria equivalente ao cavalo Hrimfaxi de sua mãe, todos os dias ele ascende o céu e a terra, depois de um tempo chega sua mãe Nott para apagar suas luzes e ascender as luzes da noite.

Nêmesis - deusa da justiça divina

Nêmesis é a filha da titã Nix não se sabe quem era o pai, pois as irmãs de Nêmesis foram criadas isoladas pela mãe, Nêmesis não foi criada por Nix, ela foi criada junto com Têmis, pelas moiras, Nêmesis virou a deusa da justiça divina, enquanto Têmis virou a deusa da justiça dos homens, por terem sido criadas juntas acabaram tendo um laço familiar muito forte, tanto que no templo de Nêmesis se pode ver a deusa ao lado de outra deusa que seria Têmis.
Nêmesis é muito bonita, tão bela que sua beleza é comparada com a de Afrodite, Nêmesis lembra um anjo, pois tem asas de passáro em suas costas.
Nêmesis costuma manter justiça entre os deuses e alguns mortais, como Narciso e Creso rei da Lídia, conta a história que o rei da Lídia estava cego de felicidade por ter tanta riqueza e poder, Nêmesis o faz criar uma expedição contra Ciro II o rei da Pérsia, isso trouxe ruína e desgraça para Creso.

sábado, 28 de junho de 2008

Seker - "o que está encerrado"

Seker é um deus misterioso, não se sabe ao certo quem são seus pais, seus poderes ou do que ele é deus, dizem que ele é a reencarnação de Osíris depois de morto, então seria filho de Nut e Geb, assim como Osíris, Seker vive em Imhet (a terra dos mortos), mas em vez de julgar os mortos ele simplesmente guardava o portão assim como Cerberus (mitologia grega), enquanto ele fica em seu posto impedindo que os mortos saiam ele se alimenta do coração dos defuntos.
Seker foi muito confudindo com o deus Ptah, afinal os dois eram mostrados mumificados segurando um cajado e os dois eram deuses construtores, Ptah criava construções em pedra e argila, mas
Seker criava os ossos dos soberanos e também os perfumes utilizados em cerimônias divinas e os dois eram deuses que protegiam os artesões, mas acabaram se fundido criando o deus Ptah-Seker.
Seker tinha um barco chamado Henu, que era formado de alguns ossos de sacerdotes, sua proa tinha o formato de um crânio de um antílope e sua popa tinham 3 pares de pequenos remos.
Por ser consideradoreencarnação de Osíris acabou se fundido mais uma vez formando o deus Ptah-Seker-Osíris.
Seu nome Seker significa "o que está encerrado", assim como tinha uma versão feminina chamada Sokaret, provavelmente teria a deusa Sekhmet como consorte.

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Sigel - deusa do sol

Sigel é filha do gigante Mundilfari com a giganta Glaur, se casou com Glen.
Sigel é deusa do sol, na verdade ela seria considerada a personificação do sol, todo dia Sigel corre em sua carruagem levada por dois corcéis chamados Arvak e Alsvid, pois foge do lobo chamado Skoll, filho de Fenrir, que tem o desejo de matá-la
, seu irmão gemeo Mani que é deus da lua também é perseguido pelo filho de Fenrir, mas é outro filho chamado Hati.
Sigel as vezes era chamada de Alfodrull que quer dizer "gloria dos elfos".
De acordo com a profecia, durante o Ragnarok Skoll alcançara e matará Sigel, criando um eclipse junto com seu irmão Hati, que ira libertar a fera Fenrir.

Anfitrite - esposa de Poseidon

Anfitrite é uma nereida (ninfa do mar), apesar de ser uma ninfa acabou se tornando deusa das águas calmas depois de seu casamento com Poseidon, é filha de Nereu e Dóris.
Ao se encontrar com Poseidon, ele já se apaixonou por ela, mas Anfitrite recusou,
Poseidon ficou irritado a obrigou a se casar com ele, Anfitrite para não se casar com Poseidon se escondeu nas profundezas do oceano, onde ninguém poderia achá-la, somente sua mãe sabia onde era o lugar, depois de um tempo escondida Anfitrite muda de idéia e se casa com Poseidon e se transforma na rainha do Oceano.
Assim como Hera, Anfitrite também sofre com as traições de seu marido, mas não tinha a mesma maldade de Hera, junto com Poseidon ela foi mãe de Tritão e Roda, as vezes ela é associada com focas e golfinhos.

Ptah - o deus construtor

Ptah é um deus construtor, assim como Khnum e Seker, mas diferentemente deles ele está apenas associado a construção de materiais físicos e sem vida, por isso é comparado com Hefesto (mitologia grega).
Ptah foi casado com Sekhmet e mais tarde com Bastet, não se sabe ao certo com qual das duas foi pai de Nefertum, Mihos e Imhotep.
Ptah era representado como um homem mumificado segurando um cetro, começaram a confudir Ptah com Osíris talvez por que os dois eram mumificados, e a confundi-lo com Seker também, então acabaram se fundindo e criando um novo deus chamado Ptah-Seker-Osíris.
Alguns dizem que Ptah era o criador de , mas isso é mentira, na verdade o criador de é o poderoso modelador Khnum.
Antigamente Ptah era o deus mais poderoso que existia, mas perdeu sua autoridade para Amon e , mais tarde esses dois deuses também se combinaram e formaram o deus Amon-Rá.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Nótt - deusa da noite

Nótt é filha do gigante Narvi, junto com Naglfari foi mãe de Audr, mas ela se separou e se casou com Annar com quem teve sua filha Jord, se separou novamente e se casou com Delling que era um deus como ela, diferente de seus outros maridos, junto com Delling ela teve seu filho Dagr, ela e Delling ficaram juntos para sempre.
Nótt é a deusa da noite tem um cavalo chamado Hrimfaxi que acende as luzes da noite, Nótt atravessa o mundo junto com seu cavalo negro para espalhar a noite, depois de um tempo chega o seu filho Dagr em seu cavalo branco Skinfaxi para espalhar o dia.


Eco - a ninfa que perdeu sua voz

Eco era uma ninfa muito bonita, era amada por todos, principalmente pela deusa Artemis que sempre deixava ela a acompanhar em suas caçadas, só tinha um defeito ela conversava demais, não calava a boca e sempre queria dar a última palavra em todas as discussões, mas um dia enquanto Hera suspeitava que Zeus a estava traindo de novo, por ordem de Zeus Eco começou a distrai-la com sua conversa, assim Hera a castigou a deixando muda, ela só poderia falar o que os outros já haviam falado.
Eco era uma ninfa Epigéia(as ninfas da terra), do grupo das Oréades (as ninfas das montanhas), ela vagava pelas florestas para tentar esquecer seu sofrimento, mas um dia ela encontrou um jovem chamado Narciso pelo qual ela se apaixonou perdidamente, Narciso que se encontrava perdido pergunta tem alguém aqui, e ela responde aqui, aqui, aqui, ele vai até ela e ela tenta dizer o quanto é grande seu amor, mas não consegue, então ela faz com sinais, Narciso a rejeita, Eco sofrendo de dor implora para que Afrodite a mate, mas ela a acha muito bonita e resolve a deixar viva.

Petsuchos - os servos de Sobek

Os Petsuchos eram representados como simples crocodilos, não haviam nada de diferente, exceto sua mente, pois os Petsuchos tinham pensamentos e eram servos do deus crocodilo Sobek, Petsuchos quer dizer "aquele que serve a Sobek".
Também é dito que em vez de existirem vários Petsuchos só havia um, que era um monstro velho e mimado por Sobek, tinha anéis de ouro nas orelhas e braceletes dourados nas patas traseiras, Sobek dava tudo que Petsuchos queria, quando queria, Sobek o alimentava constantemente com humanos ainda vivos, quando ele morreu foi mumificado e trocado por um outro crocodilo.
Os Petsuchos tem uma certa ligação com o sol, utilizando ela para sobreviver, os egípcios devem ter tido essa idéia dos petsuchos ao ver os crocodilos tomando banho de sol.

terça-feira, 24 de junho de 2008

Tyr - deus da guerra e da batalha

Tyr é deus da guerra também dito como deus da coragem, é filho do gigante Hymir (atenção não confundir com Ymir), mas passou a ser considerado filho de Odin devido a sua íncrivel coragem e sua íncrivel sede por batalhas.
Tyr é um guerreiro muito corajoso, é considerado guardião da justiça, ele só tem uma mão, pois uma delas foi arrancada por Fenrir filho de Loki ao tentar acorrentar o animal.
Tyr se tornou um símbolo muito grande de coragem, tanto que se criaram vários derivados do nome Tyr, para os homens, por exemplo : Agantyr, Bryntyr, Hjalmityr, Sigtyr, Valtyr e vários outros.
Alguns rituais eram feitos em homenagem a Tyr, mas diferente de alguns outros os seus rituais envolviam sacrifícios humanos, aqueles que perdiam a guerra eram presos em árvores, pelos braços, as vitimas ficavam presas até a morte, os germânicos acreditavam estar sendo corajosos que nem Tyr ao fazer uma ato desses, mas não se passava de uma covardia e chacina.

Pan - deus dos bosques

Pan é o deus dos bosques principalmente, mas também era deus do pânico, devido ao enorme medo que se dá ao andar sozinho na floresta durante a noite, ele era um sátiro (meio homem, meio bode).
Pan é filho de Zeus com Amaltéia, quando Tifon invadiu o monte olimpo, todos os deuses fugiram para o Egito e se transformaram em animais, Pan entrou dentro da água e tornou um bode, mas a parte submersa se transformou num rabo de peixe, fazendo uma criatura diferente, Zeus achou uma estratégia muito boa e por isso botou este momento nas estrelas, fazendo a constelação de capricórnio.
Pan se apaixonou perdidamente por uma ninfa chamada Syrinx, mas ela o rejeitou, afinal ele não era nem homem nem bode, mas mesmo assim ele continuou a persegui-la, Syrinx fugiu dele até chegar nas margens do rio Ladon, vendo que não tinha como fugir ela pediu para as ninfas do lago (naiades) que mudassem sua forma, sendo assim as ninfas a transformaram num bambu, Pan a alcançou, mas ao agarrá-la, viu que não era ela e sim um bambu, ao ouvir o som do bambu ele ficou admirado e cortou o bambu, fazendo uma flauta, que ele chamou de "Syrinx", nós conhecemos a flauta como "flauta de Pan".

Sobek - senhor das águas

Sobek é o deus crocodilo do Egito, mas foi chamado pelos gregos de Suchos, o que lembra os servos de Sobek, os chamados Petsuchos.
Sobek é muito visto como um deus bom, sendo deus da fertilidade, da vegetação e da vida, ele é dito como o criador do rio nilo, que foi criado a partir de seu suor.
Sobek nem sempre foi considerado um deus bondoso, quando ele surgiu das águas primordiais do caos como "o senhor das águas", era temido por seu aspecto malígno, e era chamado de dêmonio de Duat (local onde Osíris julga os mortos), acabou se associando com Seth, pois causava muito perigo e desordem, também é dito que depois de Seth matar Osíris, ele se escondeu num corpo de crocodilo, para não receber castigo pelo seu crime, e o crocodilo se tornou Sobek.
Sobek era dito como filho de Set com Neit.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Hugin & Munin - os corvos de Odin

Hugin e Munin são os corvos de Odin, eles se sentam toda a noite ao lado de trono de Odin para lhe contar o que viram, pois são mensageiros pessoais de Odin.
Hugin é o pensamento, enquanto Munin é a memória, eles simbolizam as capacidades ilimitadas do homem, todas vez que morriam a maioria das vezes por culpa de Loki, eles eram revividos por magia e reapareciam no pálacio de Odin.
Hugin e Munin viajam todo dia ao redor do mundo e vêem tudo, observando os mínimos detalhes e a noite contam a Odin, pois ele era cego de um olho e não podia cuidar de Midgard e de Asgard ao mesmo tempo.

Narciso - o orgulhoso

Narciso foi consideraso um herói grego, mas só considerado, pois não se sabe de nenhum feito heróico dele, sua história é de um rapaz que se apaixonou pelo próprio reflexo e morreu, mas a sua história é de várias versões, então eu vou contá-las e vocês decidem qual a que vocês acharam melhor.
Narciso é filho do deus do rio Cefiso e da ninfa Liríope, foi dito em seu nascimento pelo profeta Tirésias, que Narciso teria uma vida longa desde que ele nunca admirasse muito a própria pessoa, na históra arcaica Narciso era muito orgulhoso e conhece um jovem chamado Amantis, como Narciso era muito belo o jovem Amantis apesar de ser homem se apaixona por ele, mas Narciso o despreza, mas Amantis continua insistindo, sendo assim Narciso para se livrar dele lhe da uma espada, Amantis aceita e a usa para se matar na porta de Narciso, Amantis antes de se matar pediu a deusa Nêmesis que Narciso um dia sofresse a dor do amor não correspondido, um dia Narciso andava pelo lago e viu a si próprio no reflexo do lago e tenta se seduzir, mas não é correspondido pelo reflexo, sendo assim Narciso não aguenta a dor e se mata com sua espada, neste lago surgiu uma flor chamada Narciso.
Na história de Ovídio, Narciso também muito orgulhoso que acaba conhecendo a ninfa Eco,
Eco acha sua beleza de um deus, tanto que o comparou com Dionísio e Apolo, Narciso a despreza, Eco fica muito deprimida e começa a definhar, deixando apenas uma voz melancólica, para dar uma lição em Narciso a deusa Nêmesis o condena a se apaixonar pelo seu próprio reflexo, um dia Narciso andava pelo lago e viu a si próprio no reflexo do lago, e fica se admirando, pela eternidade, outros dizem que ele caiu e se afogou, as ninfas foram enterrar seu corpo, mas só havia sobrado uma flor chamada Narciso.
Na história de Pausânias, Narciso era um homem muito bom que tinha uma irmã gêmea e que um dia se apaixonou por ela, mas um pouco mais tarde ela morre, Narciso consumido pelo desgosto vai passear e ve seu reflexo na água do lago, ele imagina ser sua irmã onde ele ficou a admirando até a morte, no local do reflexo surgiu uma flor chamada Narciso.

Recado 7

Foi mal deu mais um problema na internet e não pude escrever esses dias, vou escrever 3 histórias hoje, mas lá pelas 18 horas, pois tenho um compromisso urgente, só abri um tempinho pra deixar um recado.

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Taueret - deusa protetora das embarcações

Taueret é a uma deusa da fertilidade, das mulheres grávidas e é protetora das embarcações as vezes é chamada de demonio, apesar de ser dita com filha de , Taueret era a esposa-demonio de Apep, sendo uma deusa do mal, mas como Apep só aparece a noite, Taueret acabou se tornando boa, mas só durante o dia, durante a noite ela voltava a ser má.
Taueret demonstrou sua bondade lutando ao lado de Hórus contra o deus Seth e acabou se tornando braço direito de Osíris e Ísis.
As vezes ela é chamada de Sobek, mas Sobek é um deus homem, líder dos petsuchos, um deus crocodilo e Taueret é uma deusa hipopótamo que tem como característica de crocodilo apenas seu rabo e talvez os dentes, Taueret tem patas de leão corpo de hipopótamo e cabeça também de hipopótamo e um rabo de crocodilo.

Surt - senhor dos gigantes do fogo

Surt é o senhor dos gigantes do fogo, ele governa Muspelheim o reino do fogo, ele não tem nenhuma importância significativa na mitologia nórdica, apenas no fim dos tempos (Ragnarok), sua única importância é de ser o guardião de Muspelheim, ele fica na entrada do reino e não permiti ninguém entrar.
Surt tem uma terrível espada de cor vermelha sangue que é capaz de queimar qualquer coisa que toque.
De acordo com a profecia Surt durante o ragnarok queimará todos os mundos com sua espada, apenas a floresta de Hodmimir não será queimada, pois é o único lugar que sua espada é incapaz de queimar ou destruir, de lá sobreviveram vários humanos durante o Ragnarok.
Durante o Ragnarok Surt matará o deus Freyr que estará desarmado, enquanto sua tropa de gigantes de fogo marcham para o norte, para aniquilar os deuses.

Recado 6

Pô galera foi mal 8 dias sem dar sinal de vida é um pouco de exagero né! É que eu perdi a internet, mas já recuperei, para TENTAR recuperar o tempo perdido irei escrever 3 histórias hoje mais os recados e 3 amanhã até acabar a divida.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

300

video300 é um filme que estreou em 2007, tendo como elenco principal Gerard Butler, Lena Headey, Vincent Regan e o brasileiro Rodrigo Santoro.
O filme foi indicado a 5 premiações do Mtv Movies Awards sendo elas a de melhor filme, melhor performance (a de Gerard Butler), melhor revelação (a de Lena Headey), melhor vilão (a de Rodrigo Santoro) e a de melhor luta (a de Gerard contra o gigante), mas só ganhou a de melhor luta. Existi outro filme mais antigo com quase o mesmo nome é o filme "os 300 de Esparta" de 1962.
É um filme bem bacana que fala da história da batalha de Termópilas e como eram os guerreiros gregos principalmente os espartanos que foram os que marcaram mais história.
Sinopse:
O filme começa com um orador espartano a contar a vida do jovem rei Leonidas I revelando também o rigor e a disciplina a que foi submetido durante a sua infância. Aos sete anos, é tirado da sua mãe para iniciar a "agoge" - o treino real para um Rei espartano. Num exercício individual de sobrevivência, o rei não retorna como se previa, sendo dado por morto. Porém, passados anos, Leónidas regressa a casa onde é aclamado. Passados trinta anos, o orador conta que um mensageiro persa chega a Esparta e comunica-lhe o desejo de Xerxes em dominar a região. Leónidas, ofendido com tal mensagem, mata toda a comitiva persa e decide começar uma guerra com Xerxes. Apesar dos avisos, Leonidas decide pegar 300 de sua guarda pessoal e marcha ao encontro dos invasores persas.

Ceto - mãe de Equidna

Ceto poderia ser considerasa a mãe dos monstros, pois junto com seu marido Fórcis teve as três górgonas, o dragão Ládon e a Equidna, assim como seu marido Ceto é uma divindade marinha filha de Pontos e de Gaia, assim como a maioria das divindades marinhas Ceto havia duas formas uma que era de uma belíssima mulher e a outra de um terrível monstro gigantesco
Ceto é a personificação dos perigos e horrores marinhos, mas também das belezas que o mar esconde, então seria considerada uma deusa dos segredos marinhos.
Os gregos tentavam ao máximo assemelhar a forma monstruosa de Ceto com as baleias, pois para eles as baleias eram consideradas monstros marinhos, mas para quem já estudou biologia sabe que as baleias pertencem a ordem dos Cetáceos de onde Ceta vem da palavra grega Cetus que quer dizer baleia e também Ceto.

Bes - deus da alegria

Bes é um deus anão e muito alegre é gordo, barbudo e feio ao ponto de se tornar engraçado, ele é um bobalhão, mas não que nem Loki (mitologia nórdica), Bes só queria saber do bem das pessoas e dos deuses, não desejava mal a nenhum ser vivo.
Bes é deus da alegria e do prazer, protetor das crianças e dos partos, quando a criança começa a rir sem nenhum motivo os pais acreditavam que era
Bes que estava em algum lugar fazendo caretas, Bes depois do nascimento da criança ficava andando em círculos balançando um chocalho para assustar os demonios que tentavam fazer algo de mal ao bebe, ele também ficava brincando com o bebe.
Bes é um deus muito interessante, pois diferente de todos os outros deuses egípcios, Bes é o único que ficava com a face pra frente, pois todos os outros deuses ficavam de perfil, Bes
as vezes é representado com a língua de fora e segurando um chocalho, ele também tinha algumas caracteristicas felinas como suas orelhas de gato.

Recado 5

Ae galera foi mal ter ficado tanto tempo sem escrever é que eu recebi meu pc de volta, MAS infelizmente ele acabou ficando com vários vírus, mas muitos mesmo então eu tive que instala o antivirus ae deu uma confusão muitcho loka, mas eu resolvi no final estarei postando os dias pendentes. AH e antes que eu me esqueça hoje é dia 11 aníversário do blog, postarei também um vídeo.

sábado, 7 de junho de 2008

Sleipnir - a montaria sagrada de Odin

Sleipnir é um cavalo mágico de oito patas capaz de voar, de ir ao mundo dos mortos e também é o cavalo mais rápido entre os reinos, ele é filho do deus Loki com o cavalo cinza Svadilfari, não era um égua era um cavalo mesmo, eu explico é que quando Thor o matador de gigantes estava fora de Asgard matando gigantes, um Hrimthurs (gigantes de gelo) apareceu em Asgard e se ofereceu a reconstruir a muralha que estava caindo em troca do sol, da lua e da deusa Freya, os deus aceitaram, mas deram a ele seis meses, pois senão Thor voltaria e o mataria, o gigante aceitou a condição e aproveitou para perguntar se poderia utilizar seu cavalo cinza Svadilfari, antes que os deuses pudessem responder Loki permitiu, os deuses ficaram meio irritados com Loki, e disseram que se eles perdessem a muralha iam torturar eternamente Loki,
Loki idiota como é atraiu o garanhão Svadilfari se transformando numa belissima égua branca, o gigante ao ver que havia sumido seu cavalo irritado começou a distruir a muralha, mas chegou Thor o esmagou com seu martelo (Mjolnir), Loki engravidou do cavalo e teve Sleipnir, os deuses resolveram não torturá-lo, pois acharam que a gravidez já havia sido o bastante.
Sleipnir havia runas (alfabeto antigo) esculpido em seus dentes.

Equidna - a mãe de todos os monstros

Equidna é chamada de "a mãe de todos os monstros", isso porque junto com Tifon, Equidna deu a luz aos monstros mais temidos da mitologia grega e foi avó de outros monstros também como o Leão de Neméia e a Esfinge, mas boa parte dos filhos de Tifon e Equidna foram mortos por Hércules filho de Zeus, coincidentemente filho do inimigo numero de Tifon e Equidna, Equidna atacou o Olimpo depois que prenderam seu marido Tifon, mas foi presa em uma caverna pelo gigante de cem olhos Argus.
Equidna era uma ninfa imortal filha de Fórcis com Ceto, foi descrita por Hesíodo :
A feroz deusa Equidna que é metade ninfa com olhos brilhantes e face clara, e a outra metade uma gigantesca serpente, grande e terrivel, com a pele manchada, comendo restos de carne escondida em um pequeno buraco localizado em partes secretas da terra. Este lugar dela é uma caverna muito profunda especial para a morte dos deuses e dos homens mortais.

Harpócrates - deus do silêncio

Harpócrates é o deus do silêncio, quem curte mitologia certamente o conhece, Harpócrates é o deus Hórus na sua infância, representado de uma maneira diferente o deus Hórus recebe o nome de Harpócrates,.
Harpócrates normalmente era representado como uma criança de trança (como as crianças egípcias usavam naquela época), saindo de uma flor de lótus, sempre com o dedo na boca, como se estivesse pedindo silencio.
Harpócrates é filho de Ísis e de Osíris, sua mãe Ísis o escondeu num pantano para esconde-lo de seu tio Seth, mas Ísis deixou Hathor para cuidá-lo, Harpócrates também é o protetor das crianças e da infância, pois tinha a imagem do deus protetor da infancia Bes em sua cabeça, algumas vezes ele era representado em cima de crocodilos em vez de uma flor de lótus, assim lembrando a imagem de Hórus em cima dos crocodilos.
Seu nome Harpócrates singnifica "Hórus criança" ou "menino".

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Freya - deusa da sensualidade

Freya é a deusa da sensualidade, da luxúria, do sexo, do amor, da magia e da adivinhação.
Ela teve diversos amantes, mas o principal deles foi
Odur seu marido que quase nunca fica em Asgard fazendo com que Freya fique chorando lagrimas de ouro enquanto ele não vem, por isso Freya também é considerada deusa da riqueza.
Freya é filha do deus vanir Njord com a giganta Skadi, apesar de Freya ser uma deusa vanir ela mora em Asgard, pois ela e mais dois deuses vanir se mudaram para Asgard como símbolo de amizade.
Freya é a lider das valquirias e tem um salão só dela em Asgard se chama Sessrumnir onde Freya ficara com alguns dos guerreiros mortos de Odin (Einherjar).
Existe uma história que a deusa Freya usa um colar que todos que o já viram o acharam o artefato mais belo de toda sua vida, para conseguir isso Freya teve que dormir com 4 anões cada um em um dia para que eles fizessem para ela, o colar era chamado de Brisingamen.

Tifon - o monstruoso deus da seca

Tifon é o deus da seca, mas não se pode nem um pouco compára-lo com um deus, ele é uma criatura extremamente cruel e poderosa, tão poderosa que todos os deuses fugiram ao ve-la.
Tifon é filho de Gaia e Tártaro, mas ele não nasceu de Gaia, Gaia ao perceber que estava gravida aproveitou e transformou seu ainda não nascido filho em uma semente e deu a Hera, Hera sem suspeitar de nada plantou a semente no jardim do Olimpo, quando Tifon surgiu todos os deuses fugiram apavorados para o Egito e se transformaram em animais, todos fugiram menos Atena que não teve covardia e se manteve em sua própria forma, Zeus irritado com a própria covardia volta a sua forma normal pega foice que Cronos usou para castrar Urano e ataca o terrivel Tifon, mas de nada adianta, pois Tifon facilmente desarma Zeus e ainda utiliza a foice para arrancar os nervos principais de Zeus o deixando inconsciente, ele arrasta Zeus para uma caverna e o prende, pede para que a monstra Delfina vigie Zeus enquanto ele sai a procura dos outros deuses.
Hermes junto com Pan, conseguiu libertar Zeus assustando Delfina (pois Pan é deus do medo também) Hermes acha as veias e as costura, Zeus imediatamente vai para o Olimpo e luta contra Tifon a batalha é tão grande que a terra, o céu e o mar começam a tremer, mas Zeus vence e prende Tifon no monte Edna onde Hefesto coloca suas mais pesadas bigornas por cima de suas cabeças, impedindo que ele se liberte.
Hesíodo descreveu Tifon em um texto :
Tifon era tão alto que a sua cabeça batia nas estrelas, os braços enormes bloqueavam os raios do sol, e carvões em brasa saíam da sua boca. Havia um dragão de cem cabeças com línguas escuras em seus ombros, e dos seus olhos labaredas dardejavam. Sons estranhos provinham dessa cabeças. Algumas vezes os deuses podiam entendê-los facilmente, mas em outras pareciam os berros de touros enfurecidos. As vezes, rosnavam como leões, no momento seguinte, como cachorrinhos.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Apep - a serpente gigante

Galera vocês não fazem a menor idéia de como foi dificil achar uma imagem bacana de Apep ou Apófis, e também de como foi dificil achar uma história desse monstro, mas eu achei até que enfim.
Apep é uma serpente marinha cujo o único objetivo na vida é devorar o deus , também é considerada como um dragão ou um demonio, ela vive no subterraneo todo o dia, mas ao anoitecer procura o deus para matá-lo, mas nunca consegue acaba sendo morta, mas por ser uma criatura imortal ela ressucita durante o dia e se prepara para lutar mais uma vez contra .
Apep é um símbolo de maldade, caos e trevas, sendo que recebeu os títulos de "lagarto terrivel" e de "serpente do nilo".
Apep era principal inimiga de , porém acabava sempre tendo que lutar com outro deus, já batalhou e foi morta por Seth, por Mafdet, por Mihos e vários outros, Apep tinha um oposto na mitologia egípcia que se chamava Ka-En-Ankh Nereru.

domingo, 1 de junho de 2008

Freyr - rei dos Ljósálfar

Freyr é filho de Njord com a giganta Skadi, irmão de Freya e marido da giganta Gerda, ele é deus de várias coisas, é deus da fertilidade, da prosperidade, da agricultura, da alegria, do tempo da paz e etc; mas ele é mais conhecido por ser senhor de todo reino de Alfheim (reino dos Ljósálfar), assim se tornando e rei e deus dos Ljósálfar (elfoz da luz).
Freyr tem um cavalo mágico que é capaz de saltar sobre qualquer tipo de obstáculo, mas Freyr também tem um javali mágico feito de ouro, criado pelos anões Brokk e Sindri, deu o nome de Gulinbursti esse javali carrega uma carruagem como cavalo e sua pele de ouro reluz a noite, também tem uma espada mágica que se movimenta e ataca sozinha no ar mesmo se for perdida e um navio gigantesco que é capaz de transpotar todos os deuses, mas pode ser dobrado até ficar do tamanho suficiente para botar no bolso, Freyr deu nome de Skidbladnir para seu navio.
Freyr é um deus muito calmo e tranqüilo e odeia guerrear.
De acordo com a profecia durante o Ragnarok Freyr dá sua espada mágica para seu servo Skirnir, e sem a espada Freyr é atacado pelo gigante Beli, Freyr o mata com um chifre de alce, mas depois é morto pelo gigante de fogo e senhor do Ragnarok Surt.